February 11, 2019

January 3, 2019

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

A neuralgia do trigêmeo

October 9, 2017

 

A neuralgia do trigêmeo pode ocorrer devido à compressão do nervo quando ele sai do cérebro para realizar a inervação sensitiva da face, a causas possíveis são por anormalidades vasculares, ósseas e tumores, sendo os dois últimos mais prováveis quando entre uma crise ou outra, permanece uma dor surda/residual. A maioria dos casos ocorrem em mulheres de início geralmente entre a sexta e sétimas  décadas de vida.

 

A dor é caracterizada por ser intensa (em choque, agulhadas), ser provocada por atividades habituais como escovar os dentes, tocar no rosto, etc e acontecer eventualmente podendo entre as crises (duração de segundos até 2 min) o paciente ficar livre de dor. Na maioria das vezes ela ocorre apenas de um lado do rosto no território da segunda e/ou terceira divisão do nervo trigêmeo (região maxilar/mandibular).

 

Quando ela ocorre dos dois lados do rosto e/ou se inicia antes dos 50 anos de idade devemos suspeitar de esclerose múltipla e naqueles casos em que entre as crises permanece uma dor constante menos intensa, devemos logo suspeitar de alguma lesão estrutural que está causando compressão persistente do nervo e também de neuralgia pós-herpética (especialmente se houve história de lesões na pele típicas da doença).

 

Outras causas de dor facial como disfunção têmporo-mandibular, o paciente tem tendência a massagear a área ou mesmo aplicar calor ou frio local na tentativa de aliviar o quadro doloroso, diferente da neuralgia do trigêmeo, onde qualquer contato sobre a área afetada deflagra a dor característica da doença.

 

Todos os pacientes que sofrem da patologia devem realizar uma ressonância magnética de crânio para descartar lesões de fossa posterior, doenças desmielinizantes e conflito neurovascular. Aqueles que por ventura tem dor na região da primeira divisão do nervo (em volta do olho) também devem realizar exame complementar com oftalmologista. Demais exames ficam a critério médico.

 

A neuralgia do trigêmeo é considerada uma emergência médica devido à intensidade da dor e angústia que ela pode trazer ao paciente, onde em certos casos até pode levar ao suicídio se não controlada e também é comum os pacientes que sofrem da patologia se tornarem depressivos e mesmo completamente ansiosos entre uma crise ou outra.

 

O tratamento inicialmente é farmacológico, e a droga de escolha é a carbamazepina (inclusive a resposta dramática a ela serve como critério diagnóstico) e caso não se obtenha controle adequado podemos indicar procedimentos intervencionistas para alívio da dor como bloqueios anestésicos, radiofrequência (“queimar o nervo”) e até mesmo a cirurgia dependendo do caso.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags